Dia Mundial da Terra, a saudademos!

Louvado sejas, meu Senhor», cantava São Francisco de Assis. Neste gracioso cântico, recordava-nos que a nossa casa comum se pode comparar ora a uma irmã, com quem partilhamos a existência, ora a uma boa mãe, que nos acolhe nos seus braços: «Louvado sejas, meu Senhor, pela nossa irmã, a mãe terra, que nos sustenta e governa e produz variados frutos com flores coloridas e verduras».

(Laudati Si, !,1)
Santuário da Figueira- Mosteiro do Paraiso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *