Livro do Profeta Jeremias 31,7-9
7  Isto diz o Senhor:
Exultai de alegria por Jacó,
aclamai a primeira das nações;
tocai, cantai e dizei:
‘Salva, Senhor, teu povo,
o resto de Israel`.
8  Eis que eu os trarei do país do Norte
e os reunirei desde as extremidades da terra;
entre eles há cegos e aleijados,
mulheres grávidas e parturientes:
são uma grande multidão os que retornam.
9  Eles chegarão entre lágrimas
e eu os receberei entre preces;
eu os conduzirei por torrentes d’água,
por um caminho reto onde não tropeçarão,
pois tornei-me um pai para Israel,
e Efraim é o meu primogênito’.
Palavra do Senhor.

Salmo – Sl 125,1-2ab.2cd-3.4-5.6 (R. 3)

R. Maravilhas fez conosco o Senhor,
exultemos de alegria!

1  Quando o Senhor reconduziu nossos cativos,*
parecíamos sonhar;
2a  encheu-se de sorriso nossa boca,*
2b  nossos lábios, de canções.R.

2c  Entre os gentios se dizia: ‘Maravilhas*
2d  fez com eles o Senhor!’
3  Sim, maravilhas fez conosco o Senhor,*
exultemos de alegria!R.

4  Mudai a nossa sorte, ó Senhor,*
como torrentes no deserto.
5  Os que lançam as sementes entre lágrimas,*
ceifarão com alegria.R.

6Chorando de tristeza sairão,*
espalhando suas sementes;
cantando de alegria voltarão,*
carregando os seus feixes!R.

 

Carta aos Hebreus 5,1-6
1  Todo sumo sacerdote é tirado do meio dos homens
e instituído em favor dos homens
nas coisas que se referem a Deus,
para oferecer dons e sacrifícios pelos pecados.
2 Sabe ter compaixão
dos que estão na ignorância e no erro,
porque ele mesmo está cercado de fraqueza.
3  Por isso, deve oferecer sacrifícios
tanto pelos pecados do povo,
quanto pelos seus próprios.
4  Ninguém deve atribuir-se esta honra,
senão o que foi chamado por Deus, como Aarão.
5Deste modo, também Cristo não se atribuiu a si mesmo
a honra de ser sumo sacerdote,
mas foi aquele que lhe disse:
‘Tu és o meu Filho, eu hoje te gerei’.
6  Como diz em outra passagem:
‘Tu és sacerdote para sempre, na ordem de Melquisedec’.
Palavra do Senhor.

Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 10,46-52
Naquele tempo:
46  Jesus saiu de Jericó,
junto com seus discípulos e uma grande multidão.
O filho de Timeu, Bartimeu, cego e mendigo,
estava sentado à beira do caminho.
47  Quando ouviu dizer que Jesus, o Nazareno,
estava passando, começou a gritar:
‘Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim!’
48  Muitos o repreendiam para que se calasse.
Mas ele gritava mais ainda:
‘Filho de Davi, tem piedade de mim!’
49  Então Jesus parou e disse: ‘Chamai-o’.
Eles o chamaram e disseram:
‘Coragem, levanta-te, Jesus te chama!’
50  O cego jogou o manto, deu um pulo e foi até Jesus.
51  Então Jesus lhe perguntou:
‘O que queres que eu te faça?’
O cego respondeu: ‘Mestre, que eu veja!’
52  Jesus disse: ‘Vai, a tua fé te curou’.
No mesmo instante, ele recuperou a vista
e seguia Jesus pelo caminho.
Palavra da Salvação.

Para Refletir:

A liturgia do 30° Domingo do Tempo Comum fala-nos da preocupação de Deus em que o homem alcance a vida verdadeira e aponta o caminho que é preciso seguir para atingir essa meta. De acordo com a Palavra de Deus que nos é proposta, o homem chega à vida plena, aderindo a Jesus e acolhendo a proposta de salvação que Ele nos veio apresentar

.
A primeira leitura afirma que, mesmo nos momentos mais dramáticos da caminhada histórica de Israel, quando o Povo parecia privado definitivamente de luz e de liberdade, Deus estava lá, preocupando-se em libertar o seu Povo e em conduzi-lo pela mão, com amor de pai, ao encontro da liberdade e da vida plena.

A segunda leitura apresenta Jesus como o sumo-sacerdote que oPai chamou e enviou ao mundo a fim de conduzir os homens à comunhão com Deus.Com esta apresentação, o autor deste texto sugere, antes de mais, o amor deDeus pelo seu Povo; e, em segundo lugar, pede aos crentes que “acreditem” emJesus – isto é, que escutem atentamente as propostas que Ele veio fazer, que asacolham no coração e que as transformem em gestos concretos de vida.No Evangelho, o catequista Marcos propõe-nos o caminho de Deus para libertar o homem das trevas e para o fazer nascer para a luz. Como Bartimeu, o cego, os crentes são convidados a acolher a proposta que Jesus lhes veio trazer, a deixar decididamente a vida velha e a seguir Jesus no caminho do amor e do dom da vida. Dessa forma, garante-nos Marcos, poderemos passar da escravidão à liberdade, da morte à vida.

(Confira dheonianos,com)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *